sales@solarbuy.com

A Minha Conta . Meu carrinho . Peça um Orçamento

$0.00
Olá Mundo!

Ventiladores de ventilação solar: benefícios, como instalar e conselhos práticos

Embora suas funções e aplicações específicas sejam diferentes, os ventiladores às vezes são usados ​​de forma intercambiável com o termo exaustores e são dispositivos amplamente utilizados em ambientes residenciais, comerciais e industriais.

Os ventiladores solares são um dos resultados mais recentes da penetração da energia solar na produção e na vida diária dos seres humanos, oferecendo vários benefícios marcantes em relação aos equivalentes tradicionais.

O que são ventiladores de ventilação solar?

Semelhante aos ventiladores tradicionais, os ventiladores solares são projetados para melhorar a ventilação de espaços internos, mas aproveitam a energia solar em vez de consumir eletricidade dos circuitos conectados.

Em detalhes, um ventilador movido a energia solar normalmente consiste em um painel solar, motor do ventilador, pás do ventilador e caixa. Alguns produtos avançados incorporarão um termostato, controle remoto ou módulo de armazenamento de bateria.

De acordo com o projeto, o painel solar dos ventiladores solares pode ser:

  • Estacionário
  • Ajustável

Um painel estacionário é fixado na parte superior da ventoinha, geralmente embutido dentro do gabinete superior e nivelado com o ambiente. Em contraste, um design ajustável significa que o painel solar é instalado em um base giratória horizontalmente e inclinável verticalmente.

Independentemente do design, o painel solar captura a luz solar e a converte em eletricidade limpa de corrente contínua (CC) para alimentar o motor do ventilador conectado às pás do ventilador.

As pás do ventilador girarão e criarão um fluxo de ar, que puxa o ar para fora dos espaços internos e permite que o ar fresco externo entre pelas aberturas da estrutura ou aberturas de entrada. Este processo ajuda a diminuir a temperatura interna ou a melhorar a circulação do ar, expulsando o ar viciado ou poluído para o exterior.

Ventiladores com termostato podem ser configurados para serem ativados somente quando a temperatura interna exceder um determinado limite. Quando combinado com um módulo de armazenamento de bateria, o ventilador pode funcionar 24 horas por dia sem consumir energia da rede.

Como instalar um ventilador solar?

Ventiladores solares geralmente são instalados em telhados. Antes da instalação, prepare todos os materiais e ferramentas necessários além do ventilador, incluindo serra tico-tico ou serra alternativa, furadeira com brocas apropriadas, chave de fenda, selante de telhado, escada, fita métrica, lápis ou marcador e equipamento de segurança.

Passo #1: Escolha o local certo

Certifique-se de que o local escolhido permite um fluxo de ar uniforme durante a operação e garanta a máxima exposição solar do painel ao longo do dia.

Etapa 2: medir e marcar

Examine o espaço interno e decida o local para o ventilador. Certifique-se de que não haja obstáculos. Em seguida, vá até o telhado e avalie a irradiação solar. Pesando o local ideal para ventilação e absorção de luz solar, confirme e marque o local exato para instalação.

Passo #3: Corte a Abertura

Use uma fita métrica para marcar as dimensões da unidade de ventilação. Faça um furo inicial no local marcado e use uma serra para cortar a seção marcada.

Etapa 4: Instale o ventilador

Coloque o ventilador solar na abertura recém cortada e fixe o ventilador com os parafusos fornecidos associados ao produto. Certifique-se de aplicar selante de telhado suficiente ao redor das bordas da caixa para garantir que seja à prova d'água.

Produtos como ventiladores solares com painel ajustável têm seu módulo de painel separado. Portanto, você deve primeiro concluir a instalação do painel na parte superior da ventoinha, bem como a fiação entre o painel e a ventoinha.

Recomenda-se também fazer um teste rápido para verificar se a conexão está boa e se o ventilador funciona com a energia solar gerada antes de aplicar o selante.

Etapa 5: teste o ventilador

Depois que o selante estiver totalmente seco e endurecido, ligue o ventilador durante o dia ou quando houver luz solar suficiente. Teste se o ventilador começa a funcionar.

Etapa 6: Vedação e Inspeção Final

Verifique todas as conexões e certifique-se de que não haja peças soltas. Em seguida, desligue o ventilador e aplique selante adicional para telhados em torno de quaisquer penetrações ou fixações para garantir que tudo esteja bem estanque.

Por fim, quando todo o selante estiver pronto, ligue o ventilador e deixe-o funcionar com energia solar.

Quais são os benefícios dos ventiladores solares?

Ao aproveitar a luz solar gratuita e inesgotável, os ventiladores solares oferecem muitos benefícios para aplicações residenciais e de C&I, incluindo garagens, armazéns, fábricas e instalações agrícolas, para citar alguns.

  • Instalação sem complicações: Ao visitar novamente o processo de instalação, você descobrirá que nenhuma fiação, juntamente com a instalação do conduíte do circuito, é necessária ao instalar esses ventiladores. Isto contribui para grandes economias de materiais e mão de obra, bem como para um mínimo de retrofit ou danos à estrutura.
  • Longevidade estendida do telhado: Ao eliminar a necessidade de instalação de fiação e conduíte, são necessários menos furos, reduzindo assim o risco de vazamentos no telhado e preservando a integridade dos materiais do telhado.
  • Custos de energia reduzidos: Ventiladores solares, especialmente aqueles acoplados a módulos de armazenamento de energia, podem realizar operação autônoma 24h/dia sem consumir outra eletricidade.
  • baixa Manutenção: A maioria dos painéis solares atuais tem uma vida útil de 25 a 30 anos, o que significa que na maioria dos casos não é necessária uma substituição. A falta de fiação também implica que não há necessidade de substituir quaisquer fios elétricos degradados ou danificados durante a vida útil do ventilador.
  • Descarbonização: Esses ventiladores aproveitam a energia solar para ventilação. É um importante meio de descarbonização para residências e instalações comerciais e industriais. O seu desempenho fiável ajuda a reduzir a carga nos sistemas de ar condicionado, se existirem, conduzindo a maiores poupanças de energia e a custos operacionais mais baixos.

Coisas a considerar ao escolher e usar esses ventiladores

Ao selecionar estes produtos, como acontece com os ventiladores tradicionais, é essencial determinar o fluxo de ar apropriado para ventilar adequadamente o espaço.

O fluxo de ar é medido em pés cúbicos por minuto (CFM). Por exemplo, 1,000 CFM significa que o ventilador é capaz de mover 1,000 pés cúbicos de ar por minuto.

CFM é calculado usando este Fórmula abaixo: CFM = Volume do Espaço ÷ Minutos/Mudança

Para um sótão de tamanho médio, digamos que seu volume seja de aproximadamente 10,000 pés cúbicos e exija uma taxa de troca de ar de 3 vezes por hora. Então, sob uma pressão estática ideal, o CFM sugerido do ventilador solar do sótão pode ser: 10,000 pés cúbicos ÷ 20 minutos = 500 CFM.

Para espaços maiores, como estúdios comerciais, ou aqueles com trocas de ar mais frequentes por hora, é necessário um grande CFM. No entanto, a taxa de potência, medida em watts, aumentará à medida que o CFM crescer. Mas a potência máxima do design estacionário ou ajustável não excederia 100 watts. Portanto, para manter uma operação confiável, um ventilador solar com alta capacidade exigiria um painel maior e separado ou um projeto de fonte de energia dupla.

Além disso, o problema de ruído também deve ser considerado. Em condições iguais, CFM grandes geralmente resultam em decibéis (dB) mais elevados. Se o projeto enfatiza um funcionamento silencioso, seria melhor optar por um ventilador com motor DC sem escovas que produziria menor ruído.

Embora os ventiladores solares sejam de baixa manutenção, é necessário inspecionar regularmente a limpeza do painel, pois isso impactaria no desempenho da conversão de energia e, posteriormente, do ventilador.

Sistemas de ventilação em telhados

A perspectiva do mercado de ventiladores de ventilação solar

O mercado de ventiladores solares apresenta uma promissora oportunidade de crescimento. Estudo revela que mercado atingirá valor de US$ 1.44 bilhão em 2024, e deve atingir US$ 2.25 bilhões até 2034.

Em primeiro lugar, o crescimento é impulsionado o aumento na demanda por sistemas de ventilação com eficiência energética. Os ventiladores movidos a energia solar utilizam energia solar renovável e oferecem uma solução ecológica para proprietários de residências e empresas. A sua utilização nos segmentos comercial e industrial está alinhada com o objetivo de atingir '100% de energia renovável' para muitas entidades.

Entretanto, muitos governos em todo o mundo estão a promover a adopção de energias renováveis ​​através de incentivos e subsídios, encorajando directamente a instalação de sistemas de ventilação solar.

Além disso, os avanços tecnológicos na eficiência dos painéis solares, no armazenamento de baterias e nas integrações domésticas inteligentes melhoraram ainda mais o desempenho e a confiabilidade dos ventiladores solares. Juntamente com suas características inerentes de instalação descomplicada e baixa manutenção, os ventiladores solares são uma opção atraente para proprietários e investidores em negócios solares.

Principais lições

Os ventiladores solares oferecem muitos benefícios que muitos ventiladores tradicionais não tem.

Anteriormente, conhecimentos e competências técnicas dedicadas eram essenciais para a sua instalação. Agora, algum conhecimento básico pode realizar o trabalho. 

Para atacadistas ou varejistas de sistemas de ventilação, esses produtos oferecem uma boa oportunidade para diversificar sua oferta de produtos e aumentar as vendas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Linkedin Facebook Pinterest Youtube rss Twitter Instagram facebook em branco rss-em branco linkedin-white Pinterest Youtube Twitter Instagram